5 atrações imperdíveis de Guapimirim, no Rio de Janeiro

Entre a Serra dos Órgãos e a Baía de Guanabara, Guapimirim é o Rio de Janeiro que pouca gente conhece. A cerca de 70 km da capital, o município é um labirinto de manguezais, rios e cachoeiras que fazem do destino uma espécie de Pantanal Fluminense.

Só para você ter uma ideia do talento cênico da região, Guapi tem cerca de 80% de seu território em área de proteção ambiental e é conhecida pelos passeios de observação de botos-cinza e jacarés-de-papo-amarelo.

(foto: Marlon Souza / Divulgação)

Mas a viagem não para por aí.

A cidade de pouco mais de 60 mil habitantes, na Serra Verde Imperial, é uma das bases para quem visita o Dedo de Deus e todas as outras montanhas da Serra dos Órgãos, parque nacional conhecido pelas excelentes condições para esportes de montanha, nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

CONFIRA ATRAÇÕES

Vale da Lua

foto: @fredmenezess93/Visiteguapi

O atrativo, que começou a se popularizar durante a quarentena, tem nome em homenagem ao atrativo homônimo na Chapada dos Veadeiros, em Goiás.

Nesse trecho do Rio Soberbo, rochas naturalmente esculpidas dão lugar a poços e piscinas para banhos.

É recomendável fazer a trilha de 1h30 pela manhã e com o acompanhamento de guias locais credenciados, já que o Soberbo é o único da cidade onde ocorre a cabeça d’água, fenômeno marcado pela subida repentina do nível de suas águas.

Mais abaixo, fica o Poço da Caverna, um dos cenários mais impactantes do destino. SAIBA MAIS

Circuito das Cachoeiras

Nesse passeio de jeep, as águas doces da região são o cenário desse roteiro de nove horas de duração.

Um dos destaques é o Poço do Encantado, uma piscina natural em meio aos vestígios do antigo trem que cortava a Serra de Guapimirim.

A viagem segue por trilhas até o Poço do Padre, conhecido também como Poço do Escorrega, e o Poço da Concórdia.

Poço do Escorrega, uma das atrações naturais de Guapimirim (foto: Rafael Coelho/Divulgação)

SAIBA MAIS: “10 cachoeiras imperdíveis para visitar em Guapimirim, na Serra Verde Imperial”

Cânions do Iconha

Uma trilha de 2 km, aproximadamente, leva o visitante a piscinas naturais de águas de tons esverdeados.

No caminho, são sete paradas para banho até a parte mais alta, profunda e estreita desses paredões de quase 40 metros de altura, onde só é possível chegar a nado ou pulando do alto da trilha.

Cachoeira da Neblina

foto: @profraqueltinoco!/Visiteguapi

Mapeada, recentemente, durante uma expedição científica-exploratória, essa impressionante queda de 450 metros é considerada a maior cachoeira do Brasil e fica no alto da Serra dos Órgãos.

Localizada em uma área de extrema complexidade e alto risco, a atração só pode ser contemplada de longe, em diferentes pontos da cidade, principalmente durante o verão, quando o volume de água é maior.


Dedo de Deus

Este é o cenário mais famoso de Guapimirim.

Apesar da antiga polêmica sobre sua localização, esse Patrimônio Natural Nacional é uma das atrações naturais do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, considerado a maior rede de caminhadas do Brasil, com mais de 200 km de trilhas.

Para quem não pretende encarar a desafiadora travessia entre Petrópolis e Teresópolis, o Mirante do Soberbo é um dos melhores pontos de observação desse pico a 1.692 metros de altitude, considerado o marco inicial da escalada no Brasil.

foto: Carlos Perez Couto/Wikimedia Commons

SAIBA MAIS

Visite Guapimirim
www.visiteguapimirim.com.br

* Este post foi produzido em parceria com o Visite Guapimirim e não tem nenhum vínculo comercial com o site

5 Comentários

  1. Visitei Guapi recentemente e fui ao Mirante do Soberbo, uma vista maravilhosa do Dedo de Deus. Ainda vou conhecer os outros lugares mostrados nesse post.

  2. Quem visita Guapimirim se apaixona , pelas suas riquezas naturais. Mas lá também é um local de fazer muitas amizades e passeios incríveis, um lugar aonde ciclistas da Barra e Z.Sul do Rio vão todos os finais de semana pedalar e contemplar a bela paisagem.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*