Fotos No Instagram Suíça

Conheça a estação de trem mais alta da Europa

Trens riscam trilhos que cortam pastos aos pés de montanhas alpinas; passageiros sobem em ziguezague por vales que inspiraram cenários do “O Senhor dos Anéis” e, lá de cima, a estação de trem mais alta da Europa.

A mais de 3.400 metros de altitude, Jungfraujoch é considerada a estação mais elevada da Europa, um impressionante projeto da engenharia ferroviária, inaugurada em 1912. VEJA FOTOS

O ponto de partida é Interlaken, cidade turística no cantão de Berna, no conjunto montanhoso Jungfrau-Aletsch-Bietschhorn, Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

A viagem de Interlaken Ost até a estação de trem mais alta da Europa tem duração de 2h30 e cruza cenários como o Vale de Lauterbrunnen, inspiração para a saga “O Senhor dos Anéis”, saga do britânico J. R. R. Tolkien, e povoados isolados nos Alpes com acesso apenas por vias férreas.

VEJA WEB STORIES

LEIA TAMBÉM: “Conheça a região da Suíça que inspirou o bairro Interlagos, em São Paulo”

Do topo da Europa, após uma viagem ferroviária por 1.400 metros de altura e sete quilômetros de túneis, o passageiro desembarca na Jungfraujoch, complexo turístico que abriga o observatório astronômico de Sphinx, de 1931; o Palácio de Gelo, uma área de mil m² com esculturas feitas sob uma geleira em constante movimento; e o Alpine Sensation, salas que homenageiam a construção da ferrovia.

E é lá do alto que os viajantes descobrem porque os trens e as altas montanhas geladas suíças são alguns dos orgulhos nacionais deste discreto e impressionante país do Velho Continente.

LEIA TAMBÉM: “Viagens de trem no Brasil”

CONFIRA FOTOS

Os trens da Suíça em números

– A Suíça tem mais de 5.100 km de vias férreas;

– Em média, o suíço viaja 2.310 km por ano;

– A estação de montanha mais antiga da Europa fica na Suíça e foi inaugurada em 1871, ligando Vitznau a Rigi;

– O título de “maior densidade mundial de trens” é também da Suíça e estações como a Zurich Altstetten, em Zurique, chega a receber 2050 trens por dia.

* fonte: Swiss Travel System

LEIA TAMBÉM: “Zürich West é a versão descolada da Suíça”

Deixe um comentário