O que fazer em Socorro, no interior de São Paulo

A apenas 140 km da capital paulista, Socorro é daqueles lugares com opções para todos os perfis de turistas.

Primeiro, foi o turismo das águas termais; logo, veio a fama com a produção de malhas; e, mais recentemente, a cidade radicalizou com um cardápio de mais de 20 atrações para aventureiros, como uma tirolesa com um quilômetro de extensão e o rapel em um paredão rochoso, a 100 metros de altura.

Não é à toa que a Estância Hidromineral de Socorro é considerada a primeira cidade do país a conquistar certificação internacional para atividades do gênero.

foto: Circuito das Águas/Reprodução

Porém, mais do que ‘Cidade da Aventura’, esse destino na Serra da Mantiqueira é conhecido também pelo turismo rural em alambiques, pelas compras de roupas em um dos maiores polos do gênero em todo o estado de São Paulo e até por abrigar uma das maiores cavernas de granito do Brasil.

Socorro faz parte também do ‘Circuito das Águas Paulista’, um roteiro turístico formado por nove municípios montanhosos do interior, como Águas de Lindoia, Lindoia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Monte Alegre do Sul, Pedreira e Serra Negra.



O QUE FAZER EM SOCORRO

Aui Mauê
Pioneiro do turismo de aventura do município, esse parque tem atividades como rafting para iniciantes, em um roteiro de cerca de quatro quilômetros, no rio do Peixe, e duração de 1h30.

Para os menos aventureiros, esse atrativo pet friendly conta também com atividades de baixa dificuldade, como caiaque e Stand Up Paddle, que permitem levar animais de estimação a bordo.

O parque oferece também diversas opções de pacotes para day use, com almoço e atividades inclusas.

foto: Divulgação

Parque dos Sonhos
Próximo à divisa de Socorro com Bueno Brandão, em Minas Gerais, esse hotel fazenda abriga também um parque com atividades abertas ao público em geral, como circuito de arvorismo, rapel e escalada.

O local tem também algumas das melhores tirolesas do destino, como a Voadora, considerada a primeira do Brasil com um quilômetro de extensão, onde o visitante sobrevoa o vale do Rio Cachoeirinha, a 120 metros de altura.

Já o Circuito Radical inclui três etapas de tirolesa, como a do Espanto (400 metros de extensão e 30 de altura) e a do Calafrio (200m e 25m de altura).


Monjolinho
Esse parque de aventura abriga atividades como a escalada em um paredão de 12 metros de altura, em um painel de diferentes níveis de dificuldade, e um circuito de arvorismo de 15 etapas, cujo retorno é por uma tirolesa de 80 metros de extensão.

Caiaque e SUP no Rio do Peixe, circuitos de quadriciclo e trilhas curtas de até dois quilômetros também estão disponíveis para os clientes.

Porém, o diferencial do parque é o ‘Banho de Floresta’, um roteiro de 1,5 quilômetro, onde o participante é guiado por um condutor em atividades como exercícios de respiração, meditação e alongamento.

Parque Monjolinho (foto: Eduardo Vessoni)

Pedra Bela Vista
Localizada no ponto mais alto de Socorro, esse atrativo é concorrido nos finais de tarde para observação do pôr do sol no mirante sobre uma pedra com vista para a Serra da Mantiqueira e cidades vizinhas.

Outros destaques são o rapel de 98 metros de altura na pedra que dá nome ao local e o Rock View, em que o visitante é preso por cordas e caminha na beira de um precipício.

Já no Bar da Pedra, a atração é o Pan de Palo, ideia trazida do Peru pelo proprietário Daniel Rosa. Trata-se de uma massa de pão espetada na ponta de um pau de madeira e assada pelo próprio cliente, em uma fogueira ao ar livre, e recheado no restaurante com ingredientes à sua escolha.

Pedra Bela Vista (foto: Divulgação)

Gruta do Anjo
Esse conjunto de túneis dentro de um lago com águas cristalinas é uma das atividades mais famosas de Socorro.

Com origem no trabalho de extração de minerais no local, nos anos 1960, seus três mil m² de galerias podem ser visitados a pé e em passeios de pedalinho até nascentes e uma piscina natural formada pela infiltração constante de água.

Banhos estão proibidos na gruta e, em parte dela, luzes de LED iluminam o ambiente.

foto: Divulgação

Caverna do Quebra Corpo
Para a alegria dos claustrofóbicos, a Quebra Corpo não é uma caverna em que o visitante fica isolado em um ambiente fechado, durante todo o percurso.

Com 450 metros de desenvolvimento e diferentes cenários, pode ser explorada em uma trilha de cerca de 3h de duração por um ribeirão que risca o interior da caverna e dá acesso a salões internos iluminados por claraboias naturais e florestas protegidas.

Para o guia Eduardo Spínola, a maior diversão é a transposição de obstáculos, em um terreno que vai de 8 a 20 metros de profundidade, em meio a blocos de rochas e pequenas cachoeiras interiores.

“Água gelada e buraco apertado, que você só pode passar de um jeito. Eu preciso desse choque para que a pessoa saiba o que ela vai enfrentar”, avisa Spínola.

Sem dúvida, essa é uma das experiências mais radicais (e marcantes) de Socorro.

SAIBA MAIS: “Caverna do Quebra Corpo é atividade de aventura no interior de São Paulo”

Alambique Pioneira
Produzida na área rural da cidade, há mais de 30 anos, essa bebida é considerada a primeira cachaça orgânica do estado, cuja produção de 1.500 litros mensais, aproximadamente, vem de tonéis de inox e é envelhecida em carvalho por, no mínimo, um ano.

O local tem também garrafas com gomos de cana dentro e licores de frutas, como os de banana, abacaxi e pitaia, e fica no Caminho Turístico Pereiras, km 4,5.

foto: socorro.tur.br/Reprodução

Roteiro Histórico
A maioria das construções fica no centro histórico de Socorro, espécie de “museu ao ar livre” com atrativos com casarões históricos, a primeira ponte de concreto armado do estado e a Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, erguida em estilo eclético e em alvenaria de tijolo, em 1924.

Entre os destaques da região estão o Cine Cavaliere Orlandi, cinema de rua de 1942 e administrado atualmente pela terceira geração da família Orlandi, e a antiga Estação Ferroviária de estilo inglês, datada de 1909.

A cidade é conhecida também pelos portais Lions, construção de 1985, na entrada de quem vem da vizinha Lindoia, e Colonial, obra de 2022, localizada na direção de quem vem de Bragança Paulista.

1rd_portal Lions Socorro
foto: VGCOM/Divulgação

SAIBA MAIS: “Atrativos históricos em Socorro (SP)”

Compras
Esse polo de malhas, um dos maiores do estado de São Paulo, abriga diversos outlets e shoppings com peças vendidas no varejo e no atacado.

Entre os mais populares estão o Circuito Outlet, com mais de 50 estabelecimentos, a Feira Permanente de Malhas que abriga mais de 150 lojas e o Shopping Loja Moda de Fábrica, que comercializa peças para atacadistas e varejistas.

1 Comentário

  1. a igreja matriz de nossa senhora perpétuo do Socorro é muito bonita que lugar lindo e maravilhoso 💗💞💜💜 eu adorei vê essas fotos da cidade turística do Socorro SP Eu já fui em água de Lindóia só nunca fui na cidade vizinha Socorro visitar mas pretendo ir lá um dia se deliciar destas maravilhosas e da cidade turística e muito maravilhosa que linda cidade 🏙️

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*