Brasil Últimas Viagens

Dez filmes e séries sobre viagens para ver na Netflix em tempos de pandemia

C

om as medidas tomadas, recentemente, pelo Ministério da Saúde e governos estaduais, as próximas semanas devem ser de isolamento domiciliar: estudantes em casa por conta do cancelamento de aulas, trabalhadores aderindo ao home office, e eventos e atrações cancelados, como cinemas e teatros.

Como o momento é de prevenção, e não de pânico, é hora de colocar em dia aquela lista de filmes e séries que você andou planejando ver, mas estava sem tempo.

Imagem de Andrés Rodríguez por Pixabay

Confira sugestões de filmes e séries da Netflix (a lista enumerada tem ordem aleatória e não segue nenhum padrão crescente ou decrescente relacionado ao gosto de quem a elaborou).

* Esta lista foi preparada pelo editor do Viagem em Pauta, baseada em seus interesses pessoais e não tem nenhum vínculo comercial com a Netflix.
10. Turismo Macabro (série)

Sem dúvida, uma das séries mais originais dos últimos meses no catálago de streamings da Netflix.

Em oito episódios de cerca de 40 minutos cada, o neozelandês David Farrier percorre o mundo, em busca de atrações turísticas fora do comum. A lista de experiências inclui um tour em que o turista participa da simulação de uma travessia ilegal de fronteira e outra em que nada em um lago formado por uma explosão nuclear, no Cazaquistão.

9. A Magia dos Andes (série)

Essa microssérie de cinco episódios faz uma impressionante viagem visual pelos Andes, em países como Chile, Argentina e Bolívia.

Os episódios são costurados pelas histórias de moradores locais e suas relações com esse conjunto de montanhas de mais de 7.500 km de extensão, na América do Sul.

imagem: Reprodução
8. Ser Tão Velho Cerrado (documentário)

Em tempos de descaso ambiental, esse belo documentário brasileiro de tons didáticos é quase uma obrigatoriedade para qualquer brasileiro preocupado com o futuro de um dos biomas mais importantes para o funcionamento da vida no continente.

imagem: Reprodução

O filme, que se concentra na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, conta não só com depoimentos de figuras da luta pela preservação do Cerrado, como ambientalistas e comunidade científica mas também fazendeiros.

7. Tales by night (série)

Com três temporadas, essa bela série com episódios curtos de cerca de 25 minutos faz uma viagem pelo mundo dos registros fotográficos, em áreas remotas.

Mais do que uma sequência de belas fotografias e os bastidores dos trabalhos de fotógrafos, a série levanta discussões como a ameaça à biodiversidade marinha nas impressionantes Ilhas Raja Ampat, na Indonésia.

6. National Parks Adventure (documentário)

A monótona narração de Robert Redford, no melhor estilo documentário estadunidense dos anos 80, não tira a beleza das imagens aéreas dos parques nacionais dos Estados Unidos.

imagem: Reprodução

O documentário foi lançado em 2016, mesmo ano de comemoração do centenário do National Park System, escritório federal que administra 419 unidades de conservação, como Yellowstone, o primeiro parque nacional dos Estados Unidos, criado em 1872.

5. Farol das Orcas (filme)

imagem: Reprodução

Neste belo filme argentino com a espanhola Maribel Verdú, o espectador faz uma viagem pelas paisagens da Península Valdés, na Patagônia Argentina.

O local serve de ambientes para a história de uma mãe que viaja com seu filho autista, em busca conexões com suas emoções.

4. Lion (filme)

Nessa produção biográfica, com seis indicações para o Oscar, o indiano Saroo sai a procura de seus pais biológicos e de suas origens, 25 anos depois de se perder do seu irmão em Khandwa, na Índia.

É daquelas histórias de superação que, por vezes, beiram o dramalhão, mas que conta com bela fotografia e roteiro envolvente.

3. Caminho a La Paz (filme)

Nesse divertido road movie argentino, um motorista, interpretado por Rodrigo de la Serna, viaja com um muçulmano de Buenos Aires a La Paz, na Bolívia.

É daqueles filmes recheados de contratempos e de aprendizados, típicos de uma viagem terrestre pela América do Sul.

2. A Viagem de Chihiro (animação)

Esse anime japonês de 2001, Oscar de Melhor Filme de Animação em 2003, é sem dúvidas uma das aquisições mais ousadas da Netflix, nos últimos anos. A plataforma de streaming adquiriu, recentemente, o direito de disponibilizar as animações do premiado diretor Hayao Miyazaki.

Trata-se da história de um mundo mágico, recém descoberto por Chihiro e seus pais, em que as pessoas são transformadas em animais.

1. Uma Viagem à Groenlândia (filme)

Desconsidere o (péssimo) trailer de divulgação, cuja edição leva o espectador a crer que verá uma daquelas comédias descompromissadas do tipo Sessão da Tarde.

Nessa produção original da Netflix, dois atores franceses se mudam para um assentamento remoto da Groenlândia, onde vive o pai de um deles. O filme é sobre os (des)encontros entre os europeus recém chegados e a cultura inuíte, a nação indígena do Ártico, pejorativamente, chamada de esquimó.

imagem: Netflix/Reprodução

Deixe um comentário